Dicas para retomar os seus hábitos saudáveis após as festas

Depois das festas de fim de ano, é normal que tenha cometido alguns excessos e que se sinta mais inchada, com alguma retenção de líquidos e com o intestino desregulado. Deixamos-lhe algumas dicas simples para retomar os seus hábitos saudáveis após as festas.

Volte à sua rotina alimentar

Acabe com os doces e bombons que ficaram das festas. Guarde para uma outra ocasião. O facto de voltar à rotina com hábitos saudáveis é o suficiente para conseguir voltar ao peso que tinha. Dê tempo ao organismo para fazer o seu processo de detoxificação. SIm, o organismo tem o seu próprio mecanismo “detox” para eliminação de substâncias indesejáveis.

Para isso, organize e planeie a sua alimentação e as suas refeições. Sem planeamento e organização o mais provável é comer “qualquer coisa” para desenrascar.

Beba água

Uma adequada ingestão de líquidos ajuda no processo de eliminação de substâncias indesejadas, diminui a retenção e ajuda no funcionamento do intestino. Se preferir pode fazer chás ou infusões sem adição de açúcar ou adoçantes. Alguns chás e infusões têm propriedades que ajudam no processo de eliminação de substâncias tóxicas para o organismo, como o chá verde, chá branco, infusão de alcachofra, de cardo mariano, dente-de-leão.

Evite o consumo de alimentos ricos em açúcar, bebidas alcoólicas, tabaco e alimentos muito processados e com listas de ingredientes muito longas. Modere o consumo de sal e inclua ervas aromáticas e especiarias para temperar. O consumo de sódio em excesso vai contribuir para a retenção de líquidos.

Durma  cerca de 8 horas por noite

Os estudos indicam que a privação de sono leva a uma diminuição dos níveis de leptina (hormona da saciedade)aumento dos níveis de grelina (hormona da fome), para além de levar ao cansaço e de aumentar o número de horas do dia disponíveis para comer. Desta forma, poderá haver um aumento da ingestão calórica e, devido ao cansaço, uma diminuição da atividade física.

Ingestão adequada de vegetais  e frutas

São fonte importante de vitaminas e minerais necessários para o funcionamento das enzimas responsáveis pelo processo de detoxificação natural do organismo. Para além de serem fonte de fibras que ajudam também no bom funcionamento do intestino, favorecendo desta forma a  eliminação de toxinas.

Pratique exercício físico de forma regular

 

Faça massagem e/ou drenagem

 

A drenagem e a massagem melhoram a circulação e a mobilização dos tecidos, favorecendo a eliminação de líquidos e toxinas pelo organismo. No entanto, a massagem ou drenagem por si só não fazem milagres, é necessário associar a hábitos alimentares e de estilo de vida saudáveis.

 

Não é preciso complicar com dietas restritivas e suplementos milagrosos. Se introduzir estes hábitos já vai ver resultados!

 

Então e as típicas “dietas detox” não são boas para desintoxicar e perder peso?

Como já foi dito, o organismo tem um complexo sistema de detoxificação que é feito de forma contínua e não só após períodos de festas ou fins-de-semana em que houve mais excessos.

O fígado (principalmente), os rins, pulmões, a pele e sistema gastrointestinal desempenham um papel importante na eliminação de sunstâncias indesejáveis, tornando-as menos tóxicas e solúveis em água para serem eliminadas pela urina, fezes e suor.

Desvantagens das típicas “dietas detox”

Não promovem a saúde e perda de peso a longo prazo.  Até pode perder algum peso, mas a maioria do peso perdido muitas vezes não é massa gorda, mas sim água e músculo. Este peso é normalmente recuperado rapidamente quando começar a comer normalmente novamente.

Não incluem alguns alimentos importantes como leguminosas, carne, peixe, ovos e frutos gordos que são fonte de vitaminas do complexo B, zinco, selénio, vitamina E e aminoácidos necessários no processo de detoxificação do organismo e que não se encontram nas frutas e vegetais.

Vantagens das típicas “dietas detox”

Uma vantagem das típicas “dietas detox” é que promovem o aumento de frutas e vegetais que são benéficos para o organismo, ao mesmo tempo que se elimina o consumo de alimentos processados e ricos em açúcares. Logo por aí é possível que haja uma perda de peso por haver esta substituição da ingestão de alimentos mais calóricos por outros menos calóricos e mais ricos nutricionalmente.

Existem, alguns estudos que demonstram que alguns nutrientes podem ajudar no processo de detoxificação, como é o caso do ácido málico (presente nas uvas e vinho), ácido cítrico (nos citrinos), ácido succínico (presente  em maçãs e mirtilos),  pectinas (presentes nos citrinos), alga Chlorella (na eliminação de metais pesados), coentros, selénio (presente nas carnes vermelhas, moluscos e castanha do Pará), curcumina (presente no açafrão).

 

 

No entanto, uma “dieta detox” de 3 dias não vai ter qualquer influencia no seu peso ou na saúde a longo prazo. É importante manter uma alimentação adequada durante os restantes 362 dias do ano.